fbpx

5 dicas para combater a ansiedade através da meditação

Dicas para combater a meditação

Nos dias atuais e corridos, em que temos acesso a milhares de informações a todo momento, é muito fácil entrar num estado de hiperatividade mental e sofrer com a ansiedade. Os métodos de tratamentos tradicionais que utilizam terapia e medicação costumam ser eficazes, mas algumas pessoas experimentam sintomas colaterais desconfortáveis e buscam por práticas alternativas para combater a ansiedade e o estresse.

Além disso, mesmo os pacientes que obtêm excelentes resultados com a medicina tradicional, também podem se beneficiar da meditação como prática complementar. Isso porque a meditação é extremamente democrática e pode beneficiar pessoas com diferentes idades e perfis.

Conheça, a seguir, 5 dicas para utilizar a meditação como forma de combater à ansiedade.

1 – Conheça os diferentes tipos de meditação para combater a ansiedade

Apenas se sentar para meditar sem um áudio ou técnica que sirva como guia pode não ser tão eficaz se você estiver começando ou, principalmente, sofrendo de ansiedade.

Por isso, é interessante que você faça uma busca rápida e gaste algum tempo conhecendo as diferentes formas de meditação.

2 – Escolha um tipo de meditação que combine com você

Além de entender os conceitos básicos de cada técnica, dê uma chance para cada uma e veja com qual se sentirá mais à vontade e qual tipo de meditação trará mais resultados para você.

Mindfulness, transcendental, Yoga e Tai Chi Chuan são algumas das técnicas mais reconhecidas para combater a ansiedade.

A Tai Chi Chuan, por exemplo, combina meditação com movimentos, assim, além de proporcionar maior integração entre corpo e mente, também traz o bônus de ser uma arte marcial.

3 – Pratique a meditação em momentos estratégicos do dia

As primeiras horas da manhã e os últimos minutos da noite são momentos chaves para praticar a meditação. Na parte da manhã, você pode meditar por alguns minutos para se manter mais centrada (o) e equilibrada (o) durante o dia que se inicia.

No fim da noite, a meditação vai te ajudar a se livrar dos resíduos energéticos e emocionais que foram criados pelas experiências vivenciadas. Desse modo, o seu sono será mais tranquilo e revigorante.

Adotar a meditação como prática nesses horários não contribuirá apenas para diminuir a ansiedade, mas também para aumentar a concentração, a sensação de controle e entusiasmo e, sobretudo, a autoconsciência.

Por isso, que tal trocar a TV ou a internet por uma meditação antes de se recolher de um dia cansativo?

4 – Aprenda técnicas de meditação que podem ser utilizadas em qualquer lugar

Além de inserir a meditação em pontos chaves do seu dia, quando se trata de combater a ansiedade, é interessante ter em mente técnicas simples e rápidas que duram poucos minutos e podem ser postas em prática em momentos de estresse e tensão.

Uma crise de ansiedade pode surgir a qualquer momento. Nesses casos, se você conhecer o passo a passo de técnicas que têm a duração aproximada de cinco minutos, por exemplo, elas podem ser utilizadas para que você consiga se recompor no ambiente de trabalho ou escola.

5 – Aproveite os intervalos e momentos de pausa para combater a ansiedade durante o dia

Uma ida ao banheiro, uma saída ao ar livre, intervalos e hora do almoço são momentos que podem ser aproveitados para a prática de técnicas de meditação simples e eficazes.

Total
12
Shares
Leave a Reply

Your email address will not be published.

Previous Article
Benefícios do sândalo

Conheça 10 benefícios proporcionados pelo aroma do sândalo

Next Article
Melhores músicas para ansiedade e para relaxar

10 melhores músicas para aliviar e relaxar a ansiedade