fbpx

Você tem dificuldade em iniciar sua meditação? Conheça os Japamalas

O hábito de meditar vem crescendo cada vez mais em nossa população e traz inúmeros benefícios para quem pratica, sendo a elevação espiritual o principal deles. Se você quer e gosta de meditar, mas sente dificuldade para iniciar sua meditação, o uso de um japamala, importante objeto de espiritualidade, pode ser a solução.

O que é um japamala?

A palavra japamala resulta da fusão de duas palavras em sânscrito, “japa” e “mala”. “Japa” significa sussurrar ou murmurar, e simboliza o hábito de repetir um mantra em sussurros. Já “mala” significa cordão de contas. Dessa forma, podemos definir japamalas como cordões de contas usados para orações em sussurros.

Um japamala é formado por 108 contas mais o Meru, considerado a principal delas. As duas contas ao lado dele marcam o início e o término da repetição do mantra. O número 108 é sagrado para várias tradições, como a hindu e a budista, e corresponde ao número ideal para repetir orações e mantras. Assim, quando repetimos um mantra por 108 vezes, alcançamos um estágio de consciência superior.

Normalmente, os japamalas são fabricados com contas de madeira, mas também é possível encontrá-los de materiais como pérolas e cristais.

Por que usar o japamala para meditar?

Entoar mantras é uma poderosa forma de meditação, faz com que a mente permaneça focada e os pensamentos se tornem positivos e poderosos. A palavra mantra deriva de sânscritos que, juntos, significam “proteger a mente dos maus pensamentos”. Dessa forma, os mantras nos ajudam a deixar de lado os pensamentos desnecessários e a focar naquilo que nos completa. Repeti-los durante a meditação nos livra da tensão e da ansiedade, aumentando nosso foco e nossa determinação.

Os japamalas são essenciais para nos guiar nesse processo. Com o auxílio deles, conseguimos contar o número de repetições necessárias para completar o ciclo e, ao mesmo tempo, manter nossa concentração na entonação do mantra.

Como usar o japamala?

É utilizado de forma simples e intuitiva. Seguindo instruções básicas, é possível se conectar com o objeto e com o ambiente a sua volta, fazendo com a que prática da meditação seja perfeita:

  • Escolha um lugar tranquilo e organizado, e conecte-se com ele. Você pode usar incensos, velas e essências para ajudarem-no nessa tarefa;
  • Encontre uma posição confortável e que ofereça estabilidade;
  • Escolha um mantra para entoar;
  • Segure o japamala entre o dedo médio e o polegar; dedo indicador deve permanecer esticado e sem contato com as contas;
  • Use o polegar para contar as contas e as puxe sempre na sua direção;
  • Mantenha-se atento à sua respiração, às contas e ao mantra;
  • Mova o polegar para a próxima conta entoando o mantra escolhido até chegar ao Meru;
  • Quando terminarem as 108 contas, caso sinta necessidade de continuar, dê uma volta no japamala e reinicie a partir da conta em que terminou.

O japamala te ajudará a se concentrar nos mantras e a usufruir de todos os benefícios da meditação, fazendo com que você dê mais um passo na direção da evolução espiritual.

Total
1
Shares
Leave a Reply

Your email address will not be published.

Previous Article
Melhores músicas para ansiedade e para relaxar

10 melhores músicas para aliviar e relaxar a ansiedade

Next Article

Conheça o Maneki Neko – Gato da sorte na representação chinesa